Archive for Novembro, 2008

O Corpo da mentira

28/11/2008

leonardo_dicaprio_body_of_lies_movie_image3

O Corpo da Mentira

Título original: Body of Lies
De:
Ridley Scott

Com:
Leonardo DiCaprio, Russell Crowe, Mark Strong
Género: Dra
Classificacao: M/12

 

 Ex-jornalista ferido na Guerra do Iraque, Roger Ferris (Leonardo DiCaprio) é recrutado pela CIA para descobrir um líder terrorista que opera na Jordânia. Para se infiltrar na rede, Ferris tem de conquistar os apoios do agente veterano da CIA Ed Hoffman (Russel Crowe) e do chefe das Informações da Jordânia, que pode não ser tão honesto quanto parece. Será que Ferris pode confiar plenamente nos seus aliados sem pôr em risco toda a operação e a sua própria vida?

Trailer do filme:

 

 

 

 

 

Anúncios

Madagascar: Escape 2 Africa

28/11/2008

madagascar

Em Madagascar 2 todas as personagens estão de volta: a girafa Melman, a zebra Marty, o leão Alex e a hipopótamo Glória, porém o cenário muda completamente quando os animais tentam regressar a Nova Iorque, mas vão, por engano, parar a África.

Nesse lugar desconhecido, o leão Alex encontra-se com a família, mas sente bastante dificuldade em comunicar com ela devido ao seu longo período de cativeiro, após ter estado grande parte da sua vida num jardim zoológico.

Quanto ao elenco original: Ben Stiller, Chris Rock, David Shwimmer e Jada Pinket Smith mantém-se, a novidade é Alec Baldwin, que será o leão Zuba, pai de Alex. Sacha Baron Cohen, Cedric the Entertainer, Andy Richter, Sherri Shepherd e Bernie Mac compõem o restante elenco.

Trailer do filme:

“Amália”, o Filme!

28/11/2008

phpthumb_generated_thumbnailjpg

“Amália – o filme” de Carlos Coelho da Silva (realizador de “O Crime do Padre Amaro) é a primeira produção  para cinema da Valentim de Carvalho Filmes, numa parceria com a RTP, que irá transmitir posteriormente  o filme num formato  de série televisiva. A estreia nacional, no grande ecrã, está marcada para o próximo dia 4 de Dezembro.

 O elenco da longa-metragem  é liderado por Sandra Barata Belo, que se junta a outros 45 actores, entre os quais: Carla Chambel, Leonor Seixas, António Pedro Cerdeira, Ana Padrão, Ricardo Carriço, João Didelet, Ricardo Pereira, José Fidalgo, Maria João Abreu, Sofia Grilo, Carla Salgueiro, Lourdes Norberto, Maria Emília Correia e Susana Mendes. Recorde-se que este filme constituí o último trabalho do recentemente falecido actor: Pedro Pinheiro.

O argumento é de Pedro Marta Santos e João Tordo, estando a produção entregue a Manuel S. Fonseca e Ana Torres.

Trailer do filme:

Selecções Readers Digest

27/11/2008

sem-titulo_edited

 

Link: http://www.seleccoes.pt/Entretem/Jogos/

Guia Sexológico

24/11/2008

homens-sensuais0012

 

Um guia sexual para homens que sentem a  necessidade de trabalharem a sua auto-estima. Dicas e conselhos para se tornarem verdadeiros macho-men.

 

 

 

Para visualizarem o guia, cliquem aqui…

Antena 3

24/11/2008

“A primeira vez é sempre na 3”. Uma rádio nacional muito jovem, divertida e cativante. Vale a pena ouvir e conhecer.

Link: http://ww1.rtp.pt/antena3/

Vitominas

22/11/2008

vitominas

 Vitominas: Mais um site, mas este um pouco mais “rude” digamos, ou bruto, ou mesmo badalhoco. com piada um pouco bregeira… Não se conhece até ao momento os autores de tal proeza, mas que não batem muito bem, isso é visível…

Link: http://www.vitominas.net/

Portal Pimba

22/11/2008

em100-411 

Portal Pimba: Um blogue de Nuno Markl, onde podemos ver e ouvir a grande variedade de música pimba existente em Portugal. Um site que demonstram grande sentido de humor e crítica.. Para relaxar e rir após um longo dia de trabalho…Do melhor!

 Link:

http://portalpimba.com

“As gajas boas são imunes ao frio…”

22/11/2008

jessica

 O Inverno está aí. Já se deram conta? Sim? Então pertencem à categoria, das duas uma, das gajas más ou das gajas mais ou menos, em discurso oral: “hã”… Passo a explicar, com uma breve definição do que é considerado hoje em dia uma gaja boa. Gaja boa: rapariga bem constituída, ou seja que use um trinta e oito de soutien e tenha um rabiosque à brasileira adulta ou não, que gosta de mostrar os seus atributos físicos, independentemente da estação do ano em que se encontra, usando roupas minúsculas e atractivas, provocando no sexo oposto um acto condicionado e consequente salivação. Depois de ler esta definição, de certeza que já se situou quanto à sua categoria, provocando em si uma grande euforia se se inclui na categorias das boas, e uma grande desilusão se se apercebeu que faz parte das “hã” e ainda uma enorme apatia se se inclui na categoria das más.
Baseei-me neste tema devido ao facto de todos os dias me confrontar com situações no meu ponto de vista, absurdas e até incompreensíveis. Ainda há dias me deparei com uma miúda, não deveria ter mais que quinze anos de idade, que esperava o mesmo autocarro que eu, trazendo vestido umas calças de ganga e uma camisola minúscula mostrando a barriga e parte do peito. Tendo como principal agasalho um daqueles casacos super-fashion que só tapam parte das costas e o peito à frente. Isso não seria nada de anormal se não estivessem cerca de 0 graus. Mas a jovem tentava disfarçar a tremura dos dentes com um soprar forte nas luvas que trazia. Esperem, afinal estou enganada, a jovem estava bastante agasalhada. Trazia luvas e por sinal, muito bonitas, perante isto peço desculpa pelo meu erro.
Mas o essencial é tentarmos perceber o porquê de tantas e tantas jovens se sacrificarem em prol de um corpo perfeito e vistoso. Será que vale a pena apanhar pneumonias, na esperança de receber uns bons piropos, incluindo dos trolhas, grandes especialistas na matéria?
A sociedade hoje em dia tem alguma culpa neste assunto. Cada vez mais a moda se foca em torno da beleza, do culto do corpo, desvalorizando o lado humano da pessoa. E cada vez mais se incute a ideia nos jovens, de que um corpo perfeito e atraente é meio caminho andado para uma vida de sucesso onde a sorte nos bate à porta…ou melhor, no corpo. Os valores familiares são trocados pelo aspecto socialmente aceitável e os de cidadania pelos do prazer. A solidariedade é pensada em moldes atractivos levando o comum mortal a oferecer um pouco de si para seu próprio prazer e não para favorecer o próximo nos aspectos desfavorecidos.
O sedutor de outros tempos é o repulsivo de qualquer dia”, esta frase faz-nos pensar se realmente valerá a pena escravizarmo-nos a um corpo que a nós não nos pertence e que um dia abandonaremos. Será que vale a pena vulgarizarmo-nos de tal forma, a ponto de qualquer dia não sabermos o que é ter valores e princípios?!

 

 

“Tu olhas, mas não vês”

22/11/2008

dsc00346

Esta foto, tirada na cidade de Vila Real é um contra-senso nesta época Natalícia….Época Natalícia onde se demonstram (pelo menos tenta-se, há uns que demonstram mais do que outros pois têm mais dinheiro…) todos os nossos sentimentos bons pelo próximo e pela vida, mas esta imagem, bem como a própria casa em questão, passa completamente despercebida a quem lá passa, quer seja de carro ou mesmo a pé, a caminho do Centro Comercial, Dolce Vita para mais uma correria desenfreada às compras, perdão para mais uma correria desenfreada às demonstrações de carinho, de amizade, de humildade, de compaixão, entre outros. Hoje em dia é assim! Será que é só nesta época que se lembram uns dos outros?! E será que lembrarmo-nos dos outros é bombardeá-los com presentes tendo como o brinde Consumismo?!
Será que aqueles desalojados e mendigos gostariam de receber carinhos nossos assim? Ou será que gostariam que nós quando passássemos por eles, olhasse-mos ao menos para eles, para a realidade e lhes deitássemos a mão e do fundo do nosso coração os ajudássemos?!